Gritaria

A Gritaria dentro de um lar pode prejudicar e muito o bom andamento da casa e os relacionamentos entre os membros da família.
Você já entrou em uma casa onde as pessoas estão gritando umas com as outras? Como você se sentiu? É muito ruim estar em um ambiente assim.
A gritaria eleva os ânimos e traz um peso para o ambiente.
As crianças adoram gritar não é? Gritam quando estão animadas com algo e gritam também quando querem fazer birra. Cabe aos pais ensinarem os filhos a não gritarem por tudo. Muitas crianças usam o grito como um meio de ganhar algo ou fazer com que os pais façam a vontade dela.
Ninguém precisa ensinar a criança a gritar, mas você pode ensiná-la que o grito não é a melhor forma de comunicação e nem um meio para se obter aquilo que quer.
Mas e se não são só as crianças que gritam? E se o pai e a mãe gritam com as crianças o tempo todo?
O grito muitos vezes é usado dentro de casa para impor sua vontade de forma eficaz.

Mas porque será que as coisas só funcionam no grito?

É claro que existem dias onde as vezes um grito escapa. Mas se isso faz parte da rotina da sua casa, você precisa prestar atenção em como esse comportamento pode ser prejudicial para toda a família.
A gritaria dentro de casa é algo muito comum segundo as pesquisas. As educadoras americanas Devra Renner e Aviva Pflock, autoras do livro Mommy guilt (Culpa de mãe), fizeram uma pesquisa com 1.300 pais sobre o que os deixava mais culpados no dia a dia doméstico. Dois terços apontaram “gritar com as crianças” – mais que faltar ao trabalho ou esquecer uma reunião escolar. “Levantar a voz é a reação mais fácil e rápida, aquela que todos os pais cometem.

Há uma passagem no livro de Efésios 4, que eu gostaria de citar aqui:

Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
Não deis lugar ao diabo.
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
Efésios 4:26-31

A bíblia nos adverte quanto a gritaria. A gritaria não deve estar no nosso meio. A gritaria revela uma ira e um descontrole emocional diante de alguma situação.
Quando gritamos, estamos dando lugar ao diabo para trazer destruição e muitas vezes permitindo ao diabo usar a nossa boca para afetar ao outro.

Vivendo pela graça e amor de Cristo,
Helaine Cristhina

 Helaine Cristhina Gonçalves Barbosa é casada com Alexandre Gomes Barbosa , mãe de três filhos,
Davi Henrique , Jonathas e Esther, vive atualmente em ORLANDO FL / USA .
E-mail: helaine@mulheresemdeus.com.br